Joe Bell
Joe Bell
Uma cena emocionante foi registrada no ano passado num subúrbio de San Jose, na California. Diversas pessoas participavam de uma corrida atlética em homenagem ao soldado Pat Tillman, natural daquela cidade, que morreu em ação no Afeganistão.
Quando os corredores passaram pela vizinhança de Rose Garden, estava em sua porta, de uniforme e bibico, o veterano Joe Bell, de 95 anos. Ele acenava para os corredores, até que um deles acenou de volta. Foi então que a vizinha Julia Sulek começou a gravar com seu telefone celular, e algo totalmente espontâneo aconteceu.
Um dos corredores saiu do trajeto para cumprimentar o veterano Bell, dizendo “obrigado por seu serviço“. Aos poucos, mais e mais corredores repetiram o gesto, até que montes de pessoas se enfileiravam para cumprimentar o surpreso senhor. “Nunca havia recebido esse reconhecimento na minha vida“, disse ele. “Me abraçaram, me beijaram e sacudiram minhas mãos. Não sabia que tantas pessoas podiam ser capazes de fazer disso“.
Joe Bell nasceu em 1919 e juntou-se ao Exército em 1942, sendo treinado como paraquedista da OSS, executando missões especiais de demolição na África e Itália. Depois da guerra retornou a San Jose, onde casou-se e teve sete filhos.
Joe Bell faleceu este ano, aos 95 anos, viúvo e morava com um dos filhos. Escutava muito pouco, mas sua mente era muito afiada. Fazia natação quase todos os dias e era figura frequente no Centro de Veteranos local.
O vídeo de Julia tornou-se viral e em pouco mais de 24 horas já havia ultrapassado 1 milhão de visualizações.
Um momento muito bonito, sem sombra de dúvida: