Civis não sentem falta do combate. Soldados sim.

O Jornalista Sebastian Junger comenta sua experiência durante o período que ficou alocado com soldados do Exército dos Estados Unidos em um posto avançado no Vale Korengal, no Afeganistão, chamado Restrepo. Ele Analisa a “alteração do estado mental” que surge com a guerra, e mostra como o combate dá aos soldados uma experiência intensa sobre irmandade e conexão.

Então, no final de tudo, será que o que soldado sente falta é algo que pode ser considerado moralmente como o “o oposto da guerra”?

Saiba mais sobre Sebastian Junger aqui.

SIMILAR ARTICLES